Menu fechado

Réguas Potenciométricas

Réguas Potenciométricas

Você já conhece a Réguas Potenciométricas e sabe o porquê elas são tão importantes?

Sensores de posição com princípio potenciométrico (resistivo).

Os transdutores potenciométricos, também conhecidos como réguas potenciométricas, são sensores que permitem alta precisão na detecção de posição com baixo custo e fácil instalação.

Os rápidos desenvolvimentos nos campos da engenharia de controle e em tecnologia de microprocessadores e semicondutores resultaram no uso generalizado de sistemas controlados eletronicamente em todos os ramos da indústria hoje. Isto criou a necessidade de sensores baratos, mas ao mesmo tempo suficientemente robustos, tanto eletricamente como mecanicamente, para suportar uma ampla gama de temperaturas (por exemplo de -40 a +160 graus centígrados), particularmente em aplicações que envolvem grandes quantidades.

As Réguas Potenciométricas também são conhecidas como transdutor para deslocamento linear ou, simplesmente, transdutor potenciométrico, é utilizada para o monitoramento, medição e controle de movimentos mecânicos.

Suas aplicações incluem controles industriais, robótica, sistemas de processo ou substituição de LVDT. Entre as aplicações mais comuns podemos citar: máquinas hidráulicas, injetoras, prensas, calandras, centros de usinagem, mandrilhadoras tornos e retificadoras.

AFC – Transdutor de posição potenciométrico. Perfil com haste deslizante com proteção contra poeira. Elevada vida útil e alta velocidade para leitura. Montagem através de suportes de fixação encaixáveis no perfil do sensor.
AFF – Transdutor de posição potenciométrico com posicionador superior. Sistema de proteção para superfície superior deslizante. Elevada vida útil
AFM – Transdutor de posição potenciométrico com haste de atuação, suporte por rótulas. Elevada vida útil e alta velocidade. Montagem facilitada através de rótulas com um grande ângulo de liberdade.

.