Menu fechado

Materiais mais usados em componentes eletrônicos

A incrivel arte dos eletrônicos

Você conhece os Materiais mais usados em componentes eletrônicos e porque eles são tão importantes? Continue a leitura para descobrir.


Os símbolos dos componentes eletrônicos nem sempre correspondem ao aspecto físico real do componente. Costumamos ver uma simples bolinha em um esquema que na verdade ela pode representar um componente de maior tamanho.

Esses símbolos, que aparece em primeiro plano na verdade é simples. Desenhar um símbolo é fácil mesmo que o aspecto real  obriga a ter noções de geometria para que por fim, o desenho não acabe se parecendo com tudo menos com o componente.

Os profissionais de eletrônicos descobriram propriedades que, ao longo do tempo, possuem  materiais diferentes e  se comportam de maneiras individuais e isoladas quando são submetidos à passagem de uma corrente elétrica.

Os materiais dos componentes, fazem com que uma determinada corrente elétrica produza muitos outros efeitos. A partir da junção de outros, podemos produzir um fluxo de elétrons que são capazes de criar uma quantidade significativa de acontecimentos , o que ajuda no processo de produção em muitas indústrias.

Para que serve os componentes eletrônicos?

Criados para se comportar de maneira particular quando existe passagem de corrente por eles. Os componentes eletrônicos possuem diversas características diferenciadas como tamanho e forma. Todos eles possuem terminais (tipo pernas) para ser identificadas de forma correta e não serem ligados de modo errado.

Materiais que são mais usados na Eletroeletrônica:  

Esses materiais são importantes pois Aumenta a confiança, Reduz  custos de fabricação,  manutenção e protege os usuários.

Material Condutor :

O Material condutor é um elemento com baixa resistividade , formando objetos de baixa resistência elétrica a imposição da passagem de corrente elétrica.Isso é comum nos metais podendo ser explicadas por suas eletropositividades que são característica que facilita a perda de elétrons, ideal para que ocorra o movimento correto.

Cobre (Cu):

  • Boa condutividade elétrica.
  • Apresenta a resistência elétrica mais baixa de todos os metais não-preciosos
  • Utilizado como um tipo de  condutor elétrico em cabos subterrâneos, terminais de conexão, revestimento em haste de aterramento e tomadas.

Alumínio (Al):

  • Tem uma menor densidade em relação ao cobre
  • Uso especial em cabos aéreos
  • Grande condutibilidade térmica e elétrica
  • Utilizado como condutores isolados para eletrotécnica, condensadores, dissipadores e refletores.

Ouro (Au):

  • Boa condutividade elétrica
  • Resistência à corrosão e uma boa combinação de propriedades físicas e químicas.
  • Usada para cobrir com uma camada por meio eletrolítico as superfícies de conexões elétricas.
  • Conexão de baixa resistência elétrica e livre do ataque químico do meio.

Platina (Pt):

  • Leve
  • Dúctil
  • Alto ponto de fusão
  • Boa resistência contra corrosão e ataques químicos.
  • Facilmente encontrado particularmente em peças de contato, anodos, fios de aquecimento.
  • Metal mais adequado para a fabricação de termoelementos e termômetros resistivos até 1000oC

Prata (Ag):

  • Metal nobre de maior uso industrial, nas peças de contato.
  • Usada em forma pura ou de liga, cada vez mais em partes condutoras .
  • Bom material condutor.

Solda Estanho-Chumbo:

  • Usada para união e remendo de metais.
  • Na eletrônica, é usada para unir componentes eletrônicos às placas de circuito impresso ou fios.

Tungstênio (W):

  • Duro e denso
  • Ponto de fusão mais alto de todos os elementos.
  • Usado em filamentos de lâmpadas incandescentes, resistências elétricas, válvulas termiônicas, eletrodos para solda elétrica, e de conexão para circuitos integrados.
Materiais Isolantes:

Os isolantes são  materiais com pouco elétrons livres resistindo ao fluxo dos mesmos, com altos valores de resistência elétrica fazendo com que não permitem a livre circulação de cargas elétricas. Eles são separados de acordo com a tensão para fazer o isolamento. 

  •  Plásticos:  Utilizado em revestimento por serem mais flexíveis que outros materiais, robusto e resistente às intempéries do que os tecidos. 
  • Borracha :  Altíssima capacidade para isolar,  resistente a grande variação de temperatura. Sendo usada sempre para o isolamento elétrico.
  • PVC: Rigidez dielétrica  elevada, sendo possível usar cabos isolados em PVC até a tensão de 6 kV. Resistência a agentes químicos e a água é consideravelmente boa. Boa característica de não propagação de chama. 
  • Mica: Encontrada na forma de lâminas, tem suas aplicações voltadas para as indústrias elétricas e eletrônicas. Utilizadas na fabricação de secadores de cabelo, máquinas de lavar louças, máquinas injetoras, coletores de motores. Bom isolante e um bom dielétrico. Alta resistência dielétrica e excelente estabilidade química. Usada como isolante em equipamentos para alta voltagens.

Deixe uma resposta